Dom Bosco

Grupo: Grupo 1
Fundação: 05 02 1989
Cores: AzulL, Branco, Rosa e Amarelo
Presidente: Padre Rosalvino Morãn Viñayo
Carnavalesco: Babu Energia
Interprete: Rubinho Martins
Mestre de bateria: Mestre Amaral, Romário e Danilo
Diretor de carnaval: Maria Ceiça Serra
Diretor de harmonia: Fernando Costa Deodato
Mestre sala: Alex Santos
Porta bandeira: Helena
Endereco: Rua Álvaro de Mendonça, 456 - Itaquera
Telefone: (11) 2286-1888
Ano do enredo: 2014
Título do enredo: Da Criação triunfal ao caos atual… SOS a Terra pede paz, amor e união aos homens de bem!
 
Ano do enredo: 2010
Título do enredo:
Ano: 2014
Título do samba enredo: Da Criação triunfal ao caos atual… SOS a Terra pede paz, amor e união aos homens de bem!
Compositores do samba enredo: Marcelo Marcondes, Jorge E. e Jimi Oliveira
Letra:


Das trevas... Nasce um céu azul celeste
Brilha o sol na Zona Leste, minha escola a desfilar
A lua, governanta dessa noite, faz iluminar a terra
Exaltando a criação...
No homem, ambição, traz destruição, ganância e falta de fé
Desagradar a Deus, só faz crescer o mal
Que globaliza a sociedade atual

Da criação triunfal ao caos, meu carnaval!
Paz e amor trago pra você,
Um mundo novo pra gente viver!

Guerras e injustiças sociais,
Falsos profetas espirituais
Chorar por ver, tanta miséria no planeta
Desequilibra a natureza, derrete a felicidade
Protestos nas ruas, com garra e bravura
Ter o direito de lutar
Trabalho, saúde, esporte e cultura
Unidos para conquistar
Dar a vida um sentido real
Provar que é possível um mundo ideal
Buscando sempre a fé no criador
Por onde houver ódio que eu leve mais amor

Haja luz! ...se fez manhã!
Deus criou o amanhecer
Paz! A nós, homens de bem!
Dom Bosco na avenida eu sou!

 
Ano: 2010
Título do samba enredo: Do fascínio dos Deuses para a Mão do Mestre-Sala... Um Leque de Emoções, na Odisséia dos Esplendores
Compositores do samba enredo: Mauro Pirata e Xuxa do Cavaco
Letra:

Chegou a hora, da nossa escola...

A Dom Bosco vem aí...

Traz um leque de emoções, arrasta multidões

Pra sambar no Anhembi!

 

Lendas que me levam pelo tempo

Viajei... Síria, Grécia, china...

Seus mistérios desvendei

Obra de arte, simbolizou dignidade

Amenizou o calor em forma de esplendor

Cruzou fronteiras, África mãe negra

Luxo requinte e beleza, nos palácios da nobreza

Pedras preciosas, bordados finos pra enriquecer

Se na Europa foi loucura geral

Marcou um tempo no Brasil colonial

 

É sedução, amor...

Me faz sentir, calor!

No fogo da paixão...

Abana meu coração

 

Se modificou, virou um objeto popular

Nos filmes, teatros e ruas

Na beira da praia, mudaram a sua cultura

Cassinos, socialight’s, drag queen a alegria

Taí o leque e a sua história

E o azul e branco risca o chão de poesia

 

Tá na arquibancada, tá no carnaval
Com o mestre-sala num bailado genial!

Notícias
 
Mais resultados para busca por: Dom Bosco
0
SOSAMBA.COM.BR | COPYRIGHT © 2010 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS